Galileu: Como aumentar a produção de alimentos sem prejudicar a natureza e a saúde?

13/10/2021
Share on twitter
Share on linkedin
Share on facebook
Share on whatsapp

O constante crescimento populacional acarreta, inevitavelmente, uma maior demanda por alimentos, que por sua vez gera desgastes ambientais como desmatamento de florestas para cultivo de alimentos, destruição dos solos dos quais, atualmente, 33% estão desgastados (FAO), uso excessivo de recursos preciosos como a água, que poderia ser atenuado com um menor consumo de insumos animais, prejuízos aos povos indígenas, que muitas vezes são expulsos de suas terras para dar espaço às atividades agropecuárias, além do uso de agrotóxicos, que protege as plantações contra pragas, em contrapartida, acarreta danos à nossa saúde. Soluções para um aumento da produção de maneira sustentável vem crescendo devido ao aumento da sua importância, a exemplo dos alimentos orgânicos, livre de agrotóxicos, todavia o custo desses produtos ainda são elevados, muitas vezes inviabilizando seu consumo por grande parte da população. A fim de contribuir para um modelo sustentável de produção, também é necessário um consumo consciente, pois assim, a demanda por produtos de origem sustentável aumentará, incitando esse novo modelo de produção. Além das ações conscientes e individuais, inserções de novas políticas públicas de incentivo para esse mercado emergente também se faz relevante. Enviado por Lucas Inafuku

Texto de Edenise Garcia, publicado em 3 de outubro de 2021 na revista digital Galileu: https://revistagalileu.globo.com/Ciencia/Meio-Ambiente/noticia/2021/10/como-aumentar-producao-de-alimentos-sem-prejudicar-natureza-e-saude.html

0 0 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin