Young People’s Voices on Climate Anxiety, Government Betrayal and Moral Injury: A Global Phenomenon, artigo de Elizabeth Marks et al

11/10/2021
Share on twitter
Share on linkedin
Share on facebook
Share on whatsapp

Realizado por pesquisadores do Reino Unido, Estados Unidos e Finlândia no início deste ano, o estudo entrevistou 10.000 jovens adultos de idades entre 16 à 25 anos em diversos lugares do mundo: Austrália, Brasil, Finlândia, França, Índia, Nigéria, Filipinas, Portugal, Reino Unido e Estados Unidos. Sob revisão por pares na revista Lancet Planetary Health, a pesquisa ao se debruçar sobre os impactos da crise ambiental sobre essa parcela significativa da população, compreendendo suas particularidades históricas, culturais e relacionais, utiliza o termo “ansiedade climática” para expressar os efeitos mundiais de se viver na atualidade e que sugere a ligação entre sofrimento psicológico e a inaptidão de resposta governamental sobre as questões ligadas às mudanças climáticas, aquecimento global e outras problemáticas recorridas da contemporaneidade capitalista. Insta elencar aqui, por exemplo, que no geral cerca de 58% das pessoas nesta pesquisa disseram que seus governos estão traindo eles e às gerações futuras. No Brasil esta porcentagem foi a mais alta com 77%, refletindo as ações do governo de Jair Bolsonaro. Enviado por Mariana Leão Soares Gomes

Marks, Elizabeth and Hickman, Caroline and Pihkala, Panu and Clayton, Susan and Lewandowski, Eric R. and Mayall, Elouise E. and Wray, Britt and Mellor, Catriona and van Susteren, Lise, Young People’s Voices on Climate Anxiety, Government Betrayal and Moral Injury: A Global Phenomenon. Disponível em: https://ssrn.com/abstract=3918955 ou http://dx.doi.org/10.2139/ssrn.3918955

0 0 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin