BBC News Brasil: Vacina contra malária é ‘conquista histórica’, mas provavelmente não será usada no Brasil

07/10/2021
Share on twitter
Share on linkedin
Share on facebook
Share on whatsapp

Com 229 milhões de casos e 409 mil mortes apenas em 2019, a malária é uma das doenças infecciosas que mais afetou a humanidade ao longo da história. E, após décadas de pesquisa, finalmente temos uma vacina disponível contra ela.” O autor traz este fato sobre uma doença que, em regiões com muita circulação do protozoário causador (tropicais e úmidas), é comum que uma pessoa se infecte dezenas de vezes com a chaga. Isso porque o parasita da malária possui alta carga de mutação, o que dificulta o desenvolvimento de imunidade após as infecções. Estima-se que todos os anos, mais de 260 mil crianças com menos de 5 anos morram, na África Subsaariana, devido à doença. Deste modo, o desenvolvimento da vacina representa um grande avanço científico e uma chance de subverter o quadro de combate à doença no local, ainda mais agora com a recomendação por parte da OMS, do uso do imunizante RTS,S. Contudo, no Brasil o imunizante tem grandes chances de ser ineficaz, uma vez que foi desenvolvido para o combate e controle da ação do Plasmodium falciparum, um dos cinco tipos causadores de malária, enquanto no nosso país a forma mais comum é causada pelo Plasmodium vivax. Enviado por Guilherme Augusto Coelho Ferreira

Notícia de André Biernath na BBC News Brasil: https://www.bbc.com/portuguese/geral-58824302

0 0 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin