Os países que pegam vacinas do consórcio global sem precisar

06/09/2021
Share on twitter
Share on linkedin
Share on facebook
Share on whatsapp

Em setembro de 2020, foi lançado o “Covax Facility”, um consórcio objetivando reduzir a desigualdade do acesso às vacinas contra a COVID-19 entre os países. Tendo em vista que, de acordo com a revista Nature, em novembro de 2020 todos os países da União Europeia e mais outros 5 países ricos (13% da população global) já haviam encomendado metade das principais vacinas disponíveis no mundo, esse tipo de iniciativa seria importante para trazer justiça à saúde global. Como apontado na reportagem, “A desigualdade na distribuição de imunizantes é um dos fatores apontados pela OMS como responsáveis pelo surgimento de novas variantes do coronavírus no mundo. O diretor-geral da organização, Tedros Adhanom, já afirmou que esse desequilíbrio aumenta as chances de uma variante emergente tornar os imunizantes existentes ineficazes.” Contudo, países desenvolvidos, possuidores de estoques de vacina suficientes para imunizar suas populações completas pelo menos 3 vezes, estão adquirindo lotes de vacinas de tal consórcio, enquanto muitos países subdesenvolvidos e em desenvolvimento ainda estão começando a vacinar suas populações. Essas quantidades são, para os países desenvolvidos, poucas ao ponto de não fazerem diferença frente ao tanto que já haviam comprado. Porém, para os outros países representariam um grande avanço na corrida da imunização. “O argumento é de que os países têm direito a essas doses pelos contratos assinados com o Covax: deram dinheiro para países mais pobres e, agora, podem receber o que foi acordado. O objetivo do consórcio, no entanto, não era o de fornecer aos países ricos.” Enviado por Nina Oliveira Schettino de Souza

Notícia disponível no Nexo Jornal: https://www.nexojornal.com.br/expresso/2021/08/24/Os-pa%C3%ADses-que-pegam-vacinas-do-cons%C3%B3rcio-global-sem-precisar

0 0 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin