New York Times: Pfizer will allow its covid pill to be made and sold cheaply in poor countries

18/11/2021
Share on twitter
Share on linkedin
Share on facebook
Share on whatsapp

A notícia abaixo traz que a Pfizer realizou um acordo com a Medicines Patent Pool,uma organização de saúde pública apoiada pelas Nações Unidas, permitindo a produção e a venda mais barata do seu antiviral eficaz contra covid em 95 países pobres. Essa medida pode ser chave para ajudar uma série de países (em sua maioria da África e da Ásia), principalmente aqueles com maior dificuldade de obter acesso às vacinas. Porém, o acordo ainda exclui uma série de países vulneráveis, inclusive alguns que foram afetados fortemente pela pandemia: Brasil, Cuba, Iraque, Líbia e Jamaica. China e Rússia também compõem a lista de países excluídos. 
Apesar de mostrar uma abordagem diferente àquela usada na produção de vacinas, em que os países menos desenvolvidos foram descartados dos planos de distribuição da Pfizer, e colocando a situação com a pílula antiviral já como mais positiva, ainda é pouco para o que a gigante farmacêutica poderia fazer pela saúde dos países. Conforme Felipe Carvalho, coordenador da campanha brasileira de acesso a drogas do Médicos Sem Fronteiras, é lamentável a exclusão do Brasil desse acordo, ainda mais considerando que 3/4 da população do país depende do SUS e poucos conseguem pagar por tratamentos caros. É inclusive possível argumentar que tal situação de vulnerabilidade em países sem acesso à vacinação são vítimas dessa política de distribuição seletiva das farmacêuticas, e que, no final, a distribuição dos novos medicamentos anti-COVID-19 para tais países seria o mínimo que a Pfizer poderia fazer. Infelizmente, podemos estar entrando em mais um ciclo de disputas acirradas sobre patentes e patrimônios intelectuais, depois de quase 2 anos de pandemia. Enviado por Júlio Adrião D’Angelo

Matéria disponível no New York Times: https://www.nytimes.com/2021/11/16/health/covid-pill-pfizer.html

0 0 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin