Folha: Pandemia e alta do dólar empurram cerca de 50 mil para fila de cirurgia cardíaca no SUS

25/10/2021
Share on twitter
Share on linkedin
Share on facebook
Share on whatsapp

Alta do dólar leva a aumento de preço dos insumos necessários para a realização de cirurgias e procedimentos cardíacos no SUS, repasse de verbas do governo não é suficiente para custear a alta de gastos dos hospitais, piorando um cenário já pré existente de escassez. Combinado com o agravamento da pandemia, o ano de 2020 apresentou uma queda de quase 23% em relação a 2019 em número de cirurgias cardiovasculares com circulação extracorpórea realizadas pelo sistema público de saúde, resposta do Ministério Público pede que estados e municípios gerenciem as filas de espera e avalia reajuste dos repasses. Além da alta de preços, há fornecedores que não vendem para o SUS por conta dos preços tabelados que não são reajustados desde 2002. Alta mortalidade em decorrência de doenças cardíacas, evidencia a gravidade da situação e coloca 50 mil pessoas em fila de espera por procedimentos de extrema importância. Enviado por Marina R. Gallerani

Publicado por Raquel Lopes e Mateus Vargas em 24 de outubro de 2021 na Folha de S. Paulo: https://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/2021/10/pandemia-e-alta-do-dolar-empurram-cerca-de-50-mil-para-fila-de-cirurgia-cardiaca-no-sus.shtml

0 0 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin