A merenda escolar como provedora de saúde, artigo de Lucila Aguilar e Álvaro Chirino

27/09/2021
Share on twitter
Share on linkedin
Share on facebook
Share on whatsapp

No trabalho publicado na Revista Latinoamericana de Desarrollo Económico entitulado “Consecuencias de la ausencia del desayuno/merienda escolar: una evaluación de impacto”, os acadêmicos bolivianos realizam uma investigação quantitativa a respeito dos impactos que as refeições oferecidas diariamente nas escolas tem sobre a renda doméstica, sobre os níveis de insegurança alimentar e sobre a saúde dos estudantes, elucidando assim, os efeitos gerados pela pandemia de COVID-19 uma vez fechadas as escolas. Tendo em vista o que já foi discutido em aula, quanto aos determinantes sociais da saúde, é interessante considerar como uma iniciativa, que nem sempre tem sua relevância reconhecida, pode gerar resultados significativos não só para os alunos mas também para seus lares. 

 Apesar de os dados analisados serem restritos a quatro departamentos da Bolívia, o artigo possibilita um entendimento abrangente do que acontece na América Latina no tangente a essa temática, uma vez que os os autores realizam também uma revisão da literatura existente sobre o tema, bem como apresentam um panorama geral das iniciativas ligadas à alimentação de estudantes dentro da escola em toda a região.

Enviado por Drielly de Souza Lima

Artigo disponível em:   http://www.scielo.org.bo/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2074-47062021000100004&lng=es&nrm=iso 

0 0 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin