WHO confirms Congo polio outbreaks in new eradication setback

Confirmação da Organização Mundial da Saúde de que houveram dois surtos na República do Congo, nas regiões de Lomami e Maniema, veio menos de uma semana após a organização afirmar o ressurgimento da doença na Síria. Em seu relatório, a OMS declarou que o risco de difusão nacional da doença é alto, e o internacional, médio.

Assim como no caso sírio, os casos no Congo foram resultado da circulação do poliovírus tipo 2 derivado de vacinas circulantes, que surge em áreas com cobertura irregular de vacinas após ter sido excretado por pessoas que foram vacinadas.

A meta de erradicação internacional da doença tem sido repetidamente adiada, nas tentativas de acabar com os últimos focos da doença. O novo chefe da OMS Tedros Adhanom Ghebreyesus, acolheu 1,2 bilhão de dólares para a “luta” contra a doença durante a convenção Rotary de 2017, em Atlanta. Ainda fica o desafio de como serão combatidos esses surtos em na Síria, onde parte dos afetados estão em regiões sob controle do ISIS, e como o tratamento será aplicado, considerando que os casos relatados de surtos de Pólio foram consequência de uma aplicação irregular de vacinas, acarretando em uma derivação do vírus.

 Disponível em:

https://www.reuters.com/article/us-congo-polio-idUSKBN1942P7

http://exame.abril.com.br/mundo/oms-confirma-surtos-de-polio-na-republica-do-congo/

Enviado por Julia Granato

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s