Medicina de família reduz mortes evitáveis na população negra

A matéria publicada na Folha de São Paulo é sobre um estudo realizado por pesquisadores da Imperial College of London em parceira com o Fiocruz, a respeito da eficácia do programa Estratégia em Saúde da Família (ESF) tendo um recorte racial. O estudo apontou que o programa, expandido nos últimos 10 anos, ocasionou uma redução 2 vezes maior na mortalidade devido a condições sensíveis à atenção primária (diabetes, doenças cardiovasculares, anemia, desnutrição) na população negra e parda (15,4%) do que na população branca (6,8%). Este foi o primeiro estudo que associou a expansão da atenção primária com as iniquidades raciais na saúde.
O programa de Saúde da Família foi oficialmente implantado em 1994, é o maior do tipo no mundo e atualmente atende 63% da população brasileira. Para profissionais da área, essa pesquisa é importante pois comprova a eficácia do programa e incentiva a continuidade de sua expansão, rumo à uma cobertura de 100% da população e à equiparação da qualidade das equipes existentes, que ainda são muito desiguais em diferentes regiões do país.
A pesquisa aponta, ainda, que se expandida a cobertura do ESF, as disparidades raciais na saúde diminuiriam ainda mais. Mesmo com a redução indicada pelo estudo, a taxa de mortalidade evitável em negros e pardos ainda é 23% maior do que em brancos. Negros e pardos representam 54% da totalidade de habitantes do país, porém apenas 36% possuem planos de saúde, o restante depende inteiramente da saúde pública. A matéria apresenta ainda outros elementos de desigualdade racial, como maiores taxas de analfabetismo e menor renda entre os negros e também menor expectativa de vida, maior vulnerabilidade à doenças infecciosas, desnutrição e anemia e ainda maior mortalidade por causas violentas.
Enviado por Isabela Brandi
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s