Charge: Dória e Saúde

charge doria .jpg

Dentre as inúmeras polêmicas desde o inicio da gestão Dória,  a questão da cracolândia se mostra chocante e absurda.

No ultimo mês, o atual prefeito de São Paulo, João Dória, juntamente com o apoio do governador Geraldo Alckmin, fizeram forte movimento para a retirada dos dependentes químicos das ruas de São Paulo.

A “estratégia” utilizado pelo governo é a de expulsar, prender ou internar compulsoriamente os dependentes que se encontram na região da Luz, também conhecida por “cracolândia”. Esse tipo de prática, que se utiliza da força (por meio da Policia Militar) se mostra não só desumana, mas falha.

A questão da internação compulsória é assunto extremamente delicado, que diverge opiniões, além de tocar na questão dos direitos fundamentais do homem, como a liberdade de escolha, o direito à moradia, à saúde, etc. Além dos aspectos jurídicos e morais que tangem esse assunto, há também um aspecto prático: não há hospital/instituição para todos os viciados. Fazendo com que esse “politica social” se torne falha, pois os hospitais ficarão lotados e não poderão atender todos os que forem internados (em situações cotidianas já vemos que o sistema de saúde no brasil não consegue comportar todas as demandas) ou haverá dispersão da “cracolândia” para outros lugares pra além da Luz, mascarando o problema ao invés de realmente resolve-lo.

Enviado por Lara Maroni

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s