Why It Was Easier to Be Skinny in the 1980s

Um estudo publicado em 2015 no “Obesity Research & Clinical Practice” pode quebrar muitos paradigmas e preconceitos que a sociedade possui sobre a epidemia contemporânea de obesidade: foi descoberto que, para manter o mesmo peso, adultos de hoje precisam comer menos e se exercitar mais do que adultos de 20 ou 30 anos atrás.

Tal descoberta aponta para teorias interessantes do porquê do atual sobrepeso em massa, como a composição diferenciada das microbiotas humanas atuais por conta de uma alimentação mais rica em carne. Mas mais do que isso, esse importante estudo sinaliza que o tratamento e a prevenção da obesidade pode ir muito além da dupla exercícios físicos e alimentação saudável, ajudando a quebrar a imagem preconceituosa do obeso puramente “preguiçoso” e “descuidado”.

Enviado por Gabriela Crespo

Link da notícia: https://www.theatlantic.com/health/archive/2015/09/why-it-was-easier-to-be-skinny-in-the-1980s/407974/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s