A Nova Cara da Sífilis

Há alguns dias, a Superinteressante veiculou um artigo apontando para o surgimento de uma epidemia de sífilis no Brasil.

A sífilis é uma doença de natureza bacteriana (Treponema pallidum) altamente curável em suas fases iniciais, ainda que tenha se constituído em flagelo terrível em um passado não muito distante. Apresenta quatro fases distintas, que evoluem, da fase primária à quaternária, em um tempo consideravelmente grande. O tempo longo de evolução e o desaparecimento de sintomas entre as fases que apresentam sintomatologia externa, podem levar à crença de que o portador da doença a tenha curado espontaneamente, o que quase nunca é verdade. Em sua fase última, que não raramente evolui ao óbito, a sífilis acomete o sistema neurológico, órgãos vitais, a pele e o tecido esquelético, irreversivelmente ou deixando gravíssimas sequelas. Há comprometimentos importantes também em relação aos embriões de gestantes infectadas em todo o tempo de infecção.

Dada a gravidade, o Ministério da Saúde anunciou um estado de epidemia em relação à doença, com necessidade de comunicação compulsória pelos agentes de saúde em relação a cada novo caso surgido.

O mais curioso no fenômeno tupiniquim é uma das possíveis causas do surgimento da epidemia. Em suas fases iniciais, a sífilis é curável com antibióticos da classe das penicilinas. Mas esses fármacos são baratos demais, o que gera um desinteresse da indústria farmacêutica em sua produção, o que causou mesmo desabastecimento do sistema de saúde por essas drogas, fazendo com que viessem a faltar nas prateleiras das farmácias.

O artigo ainda aponta ainda como possível causa para o fortalecimento do surto o relaxamento no uso de preservativos, talvez, impulsionado pela falta de atenção à outra doença sexualmente transmissível, a AIDS.

Notícia enviada por Marcelo Caldeira Barbosa

Link para o artigo: http://super.abril.com.br/saude/a-nova-cara-da-sifilis/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s