Lei da saúde de Trump deve tirar cobertura de 23 milhões de pessoas

trump

Vinte dias após a aprovação da nova lei de saúde americana pela Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, o Congressional Budget Office (agência apartidária ligada ao Congresso) publicou no dia 24 de maio uma análise completa sobre os impactos do projeto sobre a população e o orçamento do Estado. Segundo o relatório, 51 milhões de cidadãos americanos deverão ficar sem nenhuma cobertura de seguro ao longo da próxima década, 23 milhões a mais do que se fosse mantido o Obamacare (2009-2017). Os mais pobres devem ser os mais afetados pela mudança, pois projeta-se que da nova massa de pessoas sem cobertura, 14 milhões serão atendidas pelo Medicaid, sistema público direcionado à população de renda mais baixa. Para completar o quadro, o relatório chama atenção para a estimativa de que a redução do déficit americano na próxima década devido ao Trumpcare deve ser 50% menor do que a prometida quando o projeto foi apresentado pelos republicanos (US$ 119 bilhões ao invés de US$ 337 bilhões).

Link para a notícia: http://www1.folha.uol.com.br/mundo/2017/05/1887557-lei-da-saude-de-trump-deve-tirar-cobertura-de-23-milhoes-de-pessoas.shtml

 

Enviado por Jonathan Gabriel da Rocha dos Santos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s