Americano vira ‘ciborgue’ para monitorar a própria saúde

ciborgue

A segurança tem sido um termo de grande importância nos últimos tempos, presente em diversos âmbitos da vida humana, desde o afetivo ao da saúde. Nesse contexto, a chamada “biossegurança” utiliza-se de técnicas, mecanismos e dispositivos que visam garantir a segurança como continuidade de um processo vital, baseada na singularidade biológica de cada indivíduo.

Isso é exemplificao por Chris Dancy, estadunidense que se considera um “ciborgue consciente” em função do uso da tecnologia a seu favor. O objetivo principal seria melhorar a própria saúde, e para isso passou a controlar diversos aspectos vitais por meio de tecnologias de vestir, tornando-se o homem mais conectado do mundo. Esse supermonitoramento levanta questões extremamente importantes, que deixam o domínio segurança em saúde e são transferidas para a segurança da informação: a privacidade e hiperconexão.

Entretanto, o ciborgue humano acredita passou a ter mais saúde com seu novo estilo de vida, e não enxerga o futuro sem a inteligência artificial.

Link para a notícia: http://www1.folha.uol.com.br/tec/2017/04/1878140-americano-vira-ciborgue-para-monitorar-a-propria-saude.shtm

 

Enviado por Juliana Caires.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s