Mulheres que fazem sexo com mulheres são erroneamente orientadas a não fazerem colposcopia, dizem grupos LGBT

As mulheres lésbicas e bissexuais enfrentam problemas únicos no atual modelo de sistema de saúde, que pode acabar por colocá-las em situações de risco devido à preconceitos e desinformação por parte da equipe médica. Um exemplo disso é abordado na notícia publicada pelo portal de notícias online da BBC News “Lesbians ‘told they did not need cervical screening’” em que mulheres lésbicas relatam ter dificuldades para realizar o exame de colposcopia, por meio do qual é possível identificar a existência do vírus HPV e prevenir o câncer de colo do útero. Tal conduta é vista como irresponsável, visto que DSTs podem ser transmitidas através dos fluidos vaginais e o contato com a pele. Tal notícia alerta para um problema que afeta mulheres em todas regiões que, por conta de sua orientação sexual, enfrentam dificuldades no acesso igualitário e de qualidade de atendimento médico.

Link para notícia: http://www.bbc.com/news/health-39230807

Mais informações em relação a este tópico podem ser analisadas no artigo “Using Human Rights-Based Approaches to Conseptualise Lesbian and Bisexual Women’s Health Inequalities” de Julie Fish, professora na ‘School of Health and Applied Social Sciences’ da Montfort University, na Inglaterra. Em seu artigo, Julie Fish buscar examinar como o acesso aos serviços de saúde é desigual entre mulheres lésbicas e bissexuais e discutir formas de diminuir tais disparidades. Em sua análise, Fish aborda quatro campos temáticos: a heteronormatividade no serviço de saúde; formas de melhorar a conduta dos profissionais de saúde; igualdade no acesso; e a sensibilização e criação de “comunidades informadas”. Por fim, conclui o artigo com sugestões quanto ao preparo da equipe médica através da disseminação de informações e conhecimento para que se assegure um serviço de saúde de qualidade e não-discriminatório.

Link para o artigo: http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/j.1365-2524.2009.00902.x/full

Enviado por Caroline Natsumi

Anúncios

Um pensamento sobre “Mulheres que fazem sexo com mulheres são erroneamente orientadas a não fazerem colposcopia, dizem grupos LGBT

  1. Aproveitando o tópico, no Brasil o Ministério da Saúde teve algumas (incipientes) iniciativas para lidar com a questão, em especial em 2015 (http://portalsaude.saude.gov.br/index.php/lgbt-noticias/19555-ministerio-da-saude-lanca-campanha-sobre-saude-de-mulheres-lesbicas-e-bissexuais) mas infelizmente não houve, até onde sei, continuidade. É um tópico que merece atenção por ser negligenciado por parte dos profissionais de saúde e que causa impacto direto em parte da população a que já são negados muitos direitos.
    Infelizmente nas escolas de saúde em geral (cursos de medicina, enfermagem, etc) é um tópico a que não se dá nenhuma atenção – espero que com a difusão de informação, em especial via internet, haja um movimento de mudança positiva nesse sentido.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s