O estupro não choca? por Débora Diniz

saugeglobal.jpeg

A matéria faz uma comparação inicial entre uma obra de ficção e a realidade, chamando a atenção para um caso chocante de estupro de vulnerável – uma criança de apenas 11 anos -, que só foi notado quando a menina estava na 25ª semana de gravidez. A autora, Débora Diniz, nos convida a questionar sobre a ausência do direito ao aborto e a presença da maternidade compulsória desde a infância.

Enviado por Camila Sousa

https://www.cartacapital.com.br/sociedade/o-estupro-nao-choca

Anúncios

Um pensamento sobre “O estupro não choca? por Débora Diniz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s