Saúde mundial: desafio estratégico e jogos diplomáticos

Santé mondialeA Editora de Sciences Po Paris publicou em junho o livro “Saúde mundial: desafio estratégico e jogos diplomáticos”, organizado por Dominique Kerouedan e Joseph Brunet-Jailly. Um trecho da apresentação sustenta: “A saúde tornou-se, no transcurso da globalização, um tema de política externa, de segurança internacional e de governança mundial. Ela é apenas um dos campos utilizados pelas potências para ganhar influência, prestígio e poder. Essa obra revela o conteúdo, mascarado por um discurso voltado à emoção, de intervenções em matéria de saúde cada vez mais determinadas pelos interesses dos Estados ocidentais e de seus grupos de pressão, assim como pelas lógicas das indústrias multinacionais. (…) Reunindo pesquisadores da África, da América Latina, do Oriente Médio e da Europa, além de diplomatas e atores de campo, essa obra (…) mostra especialmente em quê a intervenção discriminadora dos financiadores no domínio da saúde revela-se um verdadeiro obstáculo ao desenvolvimento dos países beneficiários e faz crescer, apesar dos discursos, a iniquidade”.

Obra disponível em francês aqui: http://www.pressesdesciencespo.fr/fr/livre/?GCOI=27246100325270

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s