“A natureza desafiadora de coletar evidências e analisar a judicialização da saúde no Brasil”, correspondência de Biehl et al.

Nos Cadernos de Saúde Pública, João Biehl (Princeton University), Joseph J. Amon (Human Rights Watch), Mariana P. Socal (Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health) e Adriana Petryna (University of Pennsylvania) respondem ao artigo de Gomes & Amador. A revista traz igualmente a réplica das autoras.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s