Isags publica estudos sobre atenção primária na Bolívia e Colômbia

ISAGS – O ISAGS publica hoje os estudos de casos sobre a atenção primária à saúde na Bolívia e na Colômbia. Os documentos foram produzidos pelos consultores do Projeto de Mapeamento da APS na América do Sul, realizado pelo Instituto. A cada duas semanas, dois novos estudos serão publicados. Já estão disponíveis os trabalhos referentes ao Paraguai e ao Brasil.

Anúncios

Um pensamento sobre “Isags publica estudos sobre atenção primária na Bolívia e Colômbia

  1. A imposição do modelo neoliberal de redução do aparato de governo e procura de “formulas de mercado” para o cumprimento das funções fundamentais do Estado é a causa raiz do quadro de iniciativas fragmentadas e ineficientes do caso colombiano. Os relatores do informe desse país omitem como o desmonte do Ministério de Saúde Pública durante a administração Uribe. A infra-estrutura de saúde pública foi substituída pelo modelo de verticalização proposto dos operadores privados do sistema interessados em gastar a menor quantidade por pessoa assegurada numa política de lucro de curto prazo, oligopólio e corrupção. Atualmente, o sistema está falido financeiramente e sem ferramentas a nível nacional para recuperar a liderança na saúde pública. Por isso o próprio informe dedica a maior parte do texto a casos regionais isolados e deixa à imaginação do leitor as conseqüências da falta de coordenação no restante do país.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s