Conselho de Saúde Sul-Americano se reúne na Assembleia Mundial da Saúde

Por: Mariana Moreno, do ISAGS 

la foto.JPGO Conselho de Saúde Sul-Americano realizou reunião extraordinária durante a 67ª Assembleia Mundial da Saúde (AMS), que acontece em Genebra até 24 de maio. Além de debater os posicionamentos comuns que serão apresentados durante a assembleia, os Ministros da saúde e representantes do Conselho abordaram os projetos do Fundo de Iniciativas Comuns e definiram uma proposta de data para a próxima reunião ordinária do CSS.

 A reunião contou com a representação dos 12 países do bloco e com a participação do Diretor Executivo do ISAGS, José Gomes Temporão. Em nome da presidência Pro Tempore, Miriam  Naarendorp,  diretora da mesa, agradeceu a presença de todos e parabenizou o Peru pela nomeação da primeira dama Nadine Heredia como líder e mobilizadora social para prevenção e controle de câncer na região sul-americana.

No encontro, foram aprovados os 10 posicionamentos definidos como prioritários para a região sul-americana, entre eles, recursos humanos em saúde, acesso a medicamentos e o tema das pessoas com deficiência. A PPT do Suriname aproveitou a ocasião para solicitar ao ISAGS e ao Grupo Técnico de Acesso Universal a Medicamentos (GAUMU) o andamento dos projetos do Fundo de Iniciativas Comuns, que foram aprovados pelo Conselho. São eles: o projeto de implementação do banco de preços de medicamentos da UNASUL e o mapeamento das capacidades regionais de produção de medicamentos.

O Uruguai, país que assumirá a Presidência Pro Tempore do Bloco, apresentou uma proposta de data para reunião ordinária do Conselho, que deve ocorrer em 12 de setembro. A PPT enviará um ofício para validar a data com os países.

Abertura da AMS: Saúde infantil e mudanças climáticas em foco

    Durante o discurso de abertura da assembleia, a Diretora da Organização da Saúde (OMS), Margareth Chan, demonstrou preocupação com o aumento da obesidade infantil e anunciou a criação de uma comissão de alto nível para enfrentar o problema. Chan também destacou a importância da abordagem das mudanças climáticas: “Em março, o Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas emitiu seu relatório mais preocupante com um grande enfoque nas consequências para a saúde”.

  As temáticas levantadas pela diretora da OMS estavam alinhadas com o discurso da ministra da Saúde do Uruguai, Susana Muniz, que participou da cerimônia de abertura como coordenadora do Grupo das Américas. Além de falar sobre a relação entre clima e saúde, a ministra enfatizou os avanços dos países das Américas no cumprimento dos Objetivos do Desenvolvimento do Milênio (ODM) e retomou o tema da saúde infantil: “É preciso abordar de maneira urgente os temas pendentes dos ODMs, em particular os relativos à saúde das mães, dos recém-nascidos e das crianç

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s